Voltar Compartilhar

Olavo Valendorff recebe Comenda Botucaraí do legislativo soledadense

  • 13/12/2019
  • Portal ClicSoledade

A Câmara de Vereadores de Soledade concedeu a Olavo Sebastião Lautert Valendorff a Comenda Botucaraí. A honraria foi entregue na noite desta quinta-feira, 12/12, durante sessão solene no Plenário David Líbero Gueller, em reconhecimento aos relevantes serviços prestados a comunidade soledadense.

A proposição foi do vereador Sérgio Rodrigues e teve aprovação unânime dos demais integrantes do legislativo soledadense. Na oportunidade, cada líder de bancada usou da palavra, enaltecendo a figura pública do homenageado, especialmente pelos feitos realizados quando foi prefeito do município e sua atuação em entidades e instituições.

O prefeito Paulo Ricardo Cattaneo, diz ser justa a concessão desta honraria. “É um grande homem, tanto como cidadão, como figura pública. Íntegro, exemplar, que tem como base a sua família, sempre dedicando sua vida a coletividade. Como bom político, fez grandes obras e foi um dos melhores prefeitos de Soledade, a história dirá isso”, pontua.

A esposa do homenageado, Élia Piccoli Valendorff, fez um agradecimento aos amigos. “São pessoas especiais, de alto quilate, e que temos um carinho especial. Olavo é uma pessoa maravilhosa, que Deus colocou no meu caminho, tornando-me confiante na minha caminhada e o resultado disso é a nossa família, que queremos sempre próxima de nós”, aduziu.

O homenageado garante estar emocionado pela honraria. “Quando fui comunicado que a Câmara de Vereadores ia-me prestar uma homenagem, fiquei raciocinando quais as razões para concessão desta honraria. Cheguei a conclusão lógica que seria o reconhecimento por tudo que tive oportunidade de fazer e realizar a nível local, regional e estadual. E após ouvir as manifestações aqui, confesso que meu raciocínio estava certo”, afirma.

Olavo salienta que fez o propósito de receber a deferência com as devidas doses de humildade, modéstia e ao mesmo tempo orgulho, acompanhado de enorme satisfação e emoção. “Confesso que não gostaria de receber a homenagem cujo conteúdo não estivesse de acordo com o conjunto de trabalhos e obras que tive oportunidade de realizar, e assim foi. Me orgulha muito, empolga o coração e enobrece a alma”, conclui.

Comente: